Pergunta
Resposta
...
Trata-se de uma tabela de referência de valor de mercado de veículos. A FIPE avalia os veículos de iguais características e divulga o valor de mercado. Esta tabela pode ser consultada no site www.fipe.com.br
...
O veículo terá cobertura pelo tempo proporcional ao prêmio pago. Dependendo da quantidade de parcelas, o seguro fica sem cobertura.
...
Não, basta ligar para seu corretor. Ele irá fazer um endosso de substituição de veículo.
...
Sim, mas ocorrendo um sinistro, a indenização será feita ao proprietário legal do veículo.
...
Nesta questão, temos algumas condições:
  1. Se tiver direito ao benefício - desconto na Franquia ou Carro Extra por 7 dias consecutivos -, o carro extra é liberado na indenização parcial, desde que o veículo seja reparado em uma oficina referenciada da seguradora e for escolhida a opção do carro extra.
  2. Se for contratada a cláusula de Carro Extra, ele será liberado se ocorrer um sinistro de Indenização parcial ou Integral coberto e indenizado, pelos dias contratados na apólice.
  3. Se for contratada a cláusula de Porto Socorro - Mais, o carro extra será liberado se ocorrer uma pane ou um sinistro de Indenização Integral coberto e indenizado por até 7 dias consecutivos.
...
A cobertura é exclusiva ao veículo e equipamentos de série ou contratados com verba à parte, respeitando as exceções das Condições Gerais.
...
Sim, mas é necessário a solicitação, junto à Seguradora, de um endosso de Transferência de Direitos e Obrigações do Seguro para o novo proprietário.
...
É um indicador de experiência do seguro, que é considerado na composição do preço da renovação da apólice. Anualmente, o bônus aumenta na renovação da apólice.
...
Não, a cobertura de terceiros tem por objetivo proporcionar ao Segurado o reembolso das quantias a que for obrigado a pagar quando acionado juridicamente, em decorrência de prejuízos que ele venha a causar a terceiros, envolvidos em acidente de trânsito com o veículo segurado. A cobertura que garante indenização aos passageiros é a APP - Acidentes Pessoais a Passageiros.
...
Em todo o território nacional. Para cobertura nos países do Mercosul deve ser contratada cobertura à parte.
...
A cobertura é exclusiva ao veículo e equipamentos de série ou contratados com verba à parte, respeitando as exceções das Condições Gerais.
...
Sim, mas ocorrendo um sinistro, o seguro não dará cobertura para os danos ao veículo e aos passageiros.
...
Não, a cobertura de danos a terceiros abrange "Danos Materiais e Pessoais". Para garantir a cobertura por danos morais, deve ser contratada a cláusula 74 - Danos Morais.
...
Não existe um valor mínimo de contratação, mas deve ser avaliado quanto o Segurado acha suficiente para indenizar os danos que ele venha a causar a terceiros envolvidos em um acidente de trânsito com o veículo segurado. O corretor pode ajudar nesta questão.
...
Existe a cobertura para enchente desde que o risco não tenha sido agravado, por exemplo, se o segurado passar por uma rua já alagada. Se não for o caso, o Seguro Auto cobre a higienização do carro em caso de alagamento.
...
Nesta situação temos duas condições, sendo:

1. Rádio, toca-fitas, CD e/ou DVD player, tacógrafo e kit-gás de série e fixados em caráter permanente no veículo segurado, conforme regras a seguir:

  • Perda parcial do veículo: haverá cobertura quando um destes itens sofrer algum dano, com dedução da franquia estipulada na apólice para o veículo;
  • Indenização integral do veículo: haverá cobertura para estes itens, sem dedução de franquia;
  • Roubo/furto exclusivo destes itens: haverá cobertura com dedução da franquia estipulada na apólice para o veículo;
  • Roubo/furto do veículo recuperado sem o acessório: haverá cobertura para estes itens e será deduzida da indenização a franquia estipulada na apólice para o veículo.

2. Rádio, toca-fitas, CD e/ou DVD player, tacógrafo e kit-gás não de série e fixados em caráter permanente no veículo segurado: para esses acessórios, deve ser contratada cobertura à parte com cobrança de franquia em caso de sinistro.

...
Se você contratar a cláusula RCF (Responsabilidade Civil Facultativa) para danos materiais, você paga sua franquia normalmente e os gastos com terceiros serão cobertos. Do contrário, a Porto Seguro se responsabiliza apenas pelo conserto de seu veículo.
...
Nos sinistros de Indenização parcial do veículo ou indenizações de acessórios contratados ou de série. No caso de franquia de vidros, somente quando houver sinistro com os vidros.
...
Sim, no momento da renovação ou da concretização do seguro novo.
...
Sim, a franquia não é cobrada somente nos sinistros de indenização integral.
...
Não. A utilização do guincho é gratuita durante toda a vigência da apólice e pode ser acionada quantas vezes for necessário.
...
Quando houver indenização Integral.
...
Pode ser contratada a cláusula de lucros cessantes, que garante o pagamento de diárias, pré-definidas em reais, em decorrência da paralisação do veículo segurado em caso de sinistro coberto e indenizado.
...
O seguro deve ser contratado como lotação.
...
A indenização pelo valor de 0km será determinada no momento da contratação do Seguro, pois o veículo deve atender às condições da Seguradora, sendo que esta condição de indenização é válida por 06 meses. Saiba mais aqui.
...
Defina se a blindagem terá cobertura e informe ao seu corretor, pois ele solicitará um orçamento com esta condição.
...
A partir do momento que receber a apólice.
...
Você pode ligar para a Central de Atendimento (333-PORTO OU 3337-6786) ou acessar a seção Fale Conosco do site.
...
Sim, para consultar a lista de restaurantes parceiros clique aqui.
...
Verifique em Seguro Auto > Vantagens e Benefícios > para seu CARRO > carro + casa ou clique em http://www.portoseguro.com.br/seguros/seguro-de-veiculos/seguro-de-automovel/beneficios/para-sua-casa.
...
A prestação de serviços limita-se a 5 (cinco) utilizações durante a vigência da apólice, independentemente do evento atendido.
...
Dependendo da cobertura contratada ou concedida, o Segurado tem direito à assistência ao veículo e aos passageiros 24 horas por dia. Para mais informações, clique aqui.
...
Temos algumas modalidades de antifurto:
  • RASTREADORES que estiverem na lista de dispositivos aceitos, constante no Manual de Operação do Corretor, site da Seguradora ou disponível nos sistemas de cálculos;
  • Porto Seguro - DAF-V, Transponder: Ex.: PS260, - PS960 e PS960G "chaveiro", desde que instalados pela Porto Seguro;
  • Seal Car: plaquetas em aço inoxidável, contendo a identificação do veículo e fixadas em pontos não visíveis externamente;
  • Vacina Antifurto III, Pinalacre ou Pinado: gravação em baixo relevo da identificação do veículo em pontos específicos não visíveis externamente;
  • Dispositivos originais de fábrica tais como: Fiat code, imobilizador PETS (FORD), transponder (GM), imobilizador de ignição (VW), dispositivos do tipo alarmes sonoros, trava carneiro, multi-lock, corta-ignição Porto Seguro antigo - AFC.
...
Os Centros Automotivos Porto Seguro (CAPS) oferecem diversos serviços para a manutenção e revisão do seu carro como alinhamento, balanceamento, troca de óleo, revisão de freio, limpeza de ar condicionado entre muitos outros serviços. Veja a lista completa aqui.
...
Sim. Após a liquidação do processo de sinistro por Indenização Integral (perda total), a apólice é cancelada.
...
Sim, desde que o condutor do veículo segurado seja o culpado pelo acidente e assuma a responsabilidade para a Seguradora, poderá solicitar um guincho para atender o terceiro acionando a Central 24h pelo 333-PORTO.
...
A opção de escolha de oficina é do cliente (livre escolha). Porém, se preferir levar em uma Oficina Referenciada, poderá obter pelo benefício de 25% de desconto na franquia ou 07 dias consecutivos de carro reserva (sem fins lucrativos). Além disso, poderá contar com a prestação do serviço qualificada que será monitorada pela Seguradora, acompanhando a qualidade dos reparos e a garantia na entrega do veículo.
...
Por lei, você receberá sua indenização em no máximo 30 dias. Porém, a Porto Seguro procura indenizá-lo o quanto antes.
...
Sim. na contratação do seguro, o cliente possui uma cláusula beneficiária (71 - Danos aos Vidros) que poderá ser acionada através do contato com a nossa Central 24h no 333 - PORTO, onde poderá obter as informações dos procedimentos para tal uso.
...
O local de conserto do veículo é de livre escolha do cliente. Caso o segurado tenha contratado a verba para atendimento a terceiros RCF (Responsabilidade Cívil Facultativa) e o segurado seja culpado pelo acidente, assumindo a responsabilidade, poderá acionar a sua apólice comunicando a Porto Seguro para obter os procedimentos, ou mantendo contato com o seu corretor.
...
Sim, porém é importante consultar o seu Corretor de Seguros.
...
Não. O Boletim de Ocorrência é obrigatório nos casos de Furto ou Roubo Total, nos acidentes envolvendo vítimas ou quando houver envolvimento de terceiros.
...
É um curso que tem por objetivo aprimorar técnicas de direção. Geralmente é realizado nos finais de semana durante meio período, onde o segurado passa por aula teórica e prática. O segurado que realiza o curso conta com desconto no seguro através do Questionário de Avaliação de Risco.
...
Sim. O bônus é concedido a cada renovação de seguro que não tenha ocorrido sinistro.
...
O Auto Jovem é dirigido para segurados que têm entre 18 e 24 anos. O segurado Auto Jovem tem direito a todos os benefícios que são oferecidos pelo Porto Seguro Auto e a outros diferenciais, como descontos em agência de turismo, cursos de idiomas, academias, revistas, escola de intercâmbio e livraria via web, além do curso de direção segura realizado no Autódromo de Interlagos.
...
Não, é facultativo. No entanto, o segurado que realiza o curso, conta com desconto no seguro pelo Questionário de Avaliação de Risco.
...
Basta fazer um endosso de substituição de veículo.
...
Só receberá qualquer indenização se o seguro estiver com cobertura de acordo com o valor proporcionalmente pago.
...
O desconto poderá ser concedido de acordo com o perfil do condutor.
...
Sim, o valor dependerá de sua apólice.
...
Clique aqui para avisar ou acompanhar o sinistro do sua moto.
...
Na apólice de Valor de Mercado Referenciado, a quantia do bem é variável, garantida ao Segurado, no caso de indenização integral do veículo, fixada em moeda corrente nacional e determinada de acordo com a tabela de preço estipulada na época da contratação do seguro e vigente na data da indenização, conjugada com a região de taxação do risco e fator de ajuste contratado para cobrir o veículo. A apólice de Valor Determinado estabelece uma Quantia fixa garantida ao segurado, no caso de indenização integral do veículo, fixada em moeda corrente nacional e estipulada pelas partes no ato da contratação do seguro.
...
Além do Porto Seguro Carro+Casa, que oferece assistência 24 horas para sua moto e sua residência habitual, é possível ter desconto em oficinas especializadas no conserto de motos.
...
Os documentos necessários estão disponíveis na área de Sinistro de Auto, lá o cliente pode ter uma base de quais documentos são necessários. Lembramos que a relação de documento definitiva só é enviada (via notificação) após a pré-análise do sinistro.
...
Com a ajuda de seu corretor ou de nossa Central, será agendada uma vistoria prévia para avaliar a personalização e a aceitação do seu seguro.
...
Não, o Porto Socorro Carro + Casa garante atendimento somente para a residência habitual do segurado.
...
Não, as apólices do Porto Seguro Moto garantem carro extra por até 7 dias em caso de pane ou desconto na franquia. Para saber mais clique aqui.
...
Não é possível incluir o desconto de alarme após a liberação da apólice, mas haverá desconto na renovação.
...
Sim, os eletroeletrônicos estão garantidos no Produto Porto Residência Veraneio, com exceção dos Bens não cobertos pelo seguro, conforme item 5 das Condições Gerais de Residência Veraneio.
...
Para isso, você deve contratar a cobertura adicional Escritório em Residência. Esta cobertura inclui bens de uso profissional, exclusivamente para profissionais liberais que trabalhem em casa e que não tenham outro local para exercício de sua função.
...
Não. O funcionário não é equiparado a terceiro no seguro residencial.
...
Garante danos causados aos bens cobertos decorrentes de ventos com velocidade igual ou superior a 15m por segundo, conforme estabelecido no item 9.5 das Condições Gerais de Residência Habitual e no item 8.4 das Condições de Residência Veraneio.
...
A cobertura de Responsabilidade Civil Familiar garante as reparações por danos involuntários, corporais ou materiais, causados a terceiros por negligência ou imprudência do próprio segurado, seu cônjuge, de filhos menores que estiverem sob sua responsabilidade e de serviçais no exercício do trabalho, decorrentes de: vazamentos que resultem de acontecimento súbito, inesperado e acidental; queda de antenas; trabalhos executados para manutenção e limpeza do imóvel segurado; danos corporais e/ou materiais a empregados, ocorridos dentro do imóvel segurado; danos corporais e/ou materiais, causados diretamente por animais domésticos, cuja posse o segurado detenha; danos corporais e/ou materiais a terceiros, ocorridos dentro do imóvel segurado ou no seu respectivo terreno decorrentes de vigilância, desde que os vigilantes sejam empregados do segurado, registrados sob o regime da CLT; custas judiciais do foro civil e os honorários de advogados nomeados pelo segurado; morte e invalidez permanente total ou parcial de empregados domésticos da residência especificada como local de risco, desde que registrados na forma da Lei - Regime CLT, limitado a 30% do Limite Máximo de Indenização contratado para esta cobertura, decorrentes de acidentes ocorridos durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções. Conforme Plano de Seguro de Responsabilidade Civil Familiar Específico, constante das Condições Gerais de Porto Residência Habitual ou Veraneio.
...
Para saber se o evento terá cobertura temos que analisar a causa dos danos e as coberturas contratadas na apólice, uma vez que a manutenção e preservação da árvore é de responsabilidade do proprietário do imóvel, bem como os danos por ela provocados. Ressaltamos que os danos provocados por eventos da natureza são considerados fortuitos ou de força maior eximindo o proprietário da responsabilidade civil.
...
Essa cobertura garante ao Segurado a mão-de-obra necessária para a realização dos reparos emergenciais exclusivamente do local segurado. Essa cobertura não prevê instalações ou manutenções. Conheça os tipos de reparos aqui.
...
Não. Para essa cobertura, você deve contratar o Porto Seguro Auto.
...
Não existem franquias e sim POS (Participação Obrigatória do Segurado ) para as coberturas de Danos Elétricos, Vendaval e Escritório em Residência.
...
Para contratação não se exige escritura, mas estes documentos comprobatórios serão exigidos em caso de eventual sinistro.
...
Sim, desde que contratada a cobertura opcional.
...
Vide item nas condições gerais do seguro documentos necessários em caso de sinistro.
...
A indenização, por lei, deve ser feita após a comunicação do sinistro em até 30 dias a partir do cumprimento de todas as exigências por parte do segurado, ou seja, envio das documentações solicitadas pela Seguradora.
...
Terá cobertura desde que esta edícula esteja dentro do terreno do local de risco e seja construída integralmente em alvenaria.
...
O valor da POS (participação obrigatória do segurado) é deduzido da indenização em caso de eventual sinistro.
...
O pagamento é proporcional, ou seja, será pago ao segurado a parte que lhe compete e à instituição financeira a parte que lhe compete.
...
Sim, vide item bens não cobertos pelo seguro constante nas condições gerais do seguro.
...
A contratação de imóvel alugado deve ser feita das seguintes formas:
  • Pelo proprietário do imóvel: garantia somente para prédio, ou seja, só poderão ser contratadas as coberturas de Incêndio, Danos Elétricos, Impacto de Veículos e Vendaval.
  • Pelo locatário do imóvel: garantia para prédio e conteúdo, sendo deverá ser incluída cláusula beneficiária para prédio em nome do proprietário do imóvel.
...
Sim, desde que contratada a cobertura opcional de Danos Elétricos.
...
A queda de raio provoca o dano elétrico, a garantia de danos elétricos cobre outros eventos além da queda de raio.
...
Pelo produto Porto Residência somente a bicicleta, desde que seja de uso pessoal e esteja dentro de um local fechado.
...
O PAC é o nome que recebe o Processo de análise de cadastro, que após cadastrado na Cia gera um número, que é a referência para o controle do parecer do cadastro. Este número será solicitado em várias fases do processo.
...
Sim, pode compor com outras pessoas que poderão complementar sua renda ou apresentar renda em seu lugar. Esta pessoa pode ser parente ou não, poderá residir no imóvel ou não. Neste caso, será considerado, para efeito de comprometimento, 15% da renda bruta do terceiro ou familiar.
...
Sim. Geralmente o Imposto de Renda não tem a finalidade exclusiva de comprovar os rendimentos na análise de cadastro e nem é considerado como única fonte de pesquisa desta informação. Outros documentos são solicitados para esta finalidade.
...
A análise considera diversos fatores. Mesmo em casos onde há restrições, o cadastro deve ser encaminhado para a análise.
...
Pessoa Física residencial é de até 24 horas para cadastros transmitidos pelo corretor de seguros pela internet e de até 72 horas para cadastros encaminhados por e-mail, fax ou protocolados em uma regional. Pessoa Física não residencial ou Pessoa Jurídica é de até 48 horas, contudo para processos com valor de aluguel mais encargos acima de R$ 15.000,00 o prazo é de até 72 horas.
...
  • À vista em cheque ou débito em conta;
  • Em até 4x sem juros, no cheque, débito em conta corrente;
  • Em até 12x com juros, no cheque ou débito em conta, para seguros com vigência superior a 900 dias;
  • Em até 0+11 ou 1+11, com juros para imobiliárias cadastradas como estipulante para emissão de fatura mensal (válido para qualquer vigência).
...
A seguradora concede um prazo de 20 dias para a regularização do pagamento sem que a apólice seja cancelada. O seguro é uma cláusula do contrato de locação, portanto, seu cancelamento ocasiona uma quebra contratual dando à Imobiliária ou locador o direito de solicitar a desocupação do imóvel.
...
Nas locações residenciais (Pessoa Física) a vigência do seguro pode ser igual ou inferior ao prazo do contrato de locação, limitado a 5 anos. A vigência do seguro terá que ser igual a do contrato de locação quando se tratar de locações não residenciais (Pessoa Física e Jurídica) com soma de aluguel + encargos mensais acima de R$50.000,00.
...
O seguro pode ser contratado por até 5 anos, desde que o contrato tenha a mesma vigência.
...
Até 15 dias corridos do vencimento da apólice.
...
Não. A Lei do Inquilinato prevê a obrigação do inquilino quanto à apresentação da garantia e do pagamento do Seguro Fiança. Uma vez que a garantia foi instituida no contrato, a renovação é obrigatória.
...
Como alternativa, o seguro pode ser pago pelo locador afim de não perder a garantia e o prazo da renovação e cobrado do inquilino posteriormente junto com seus aluguéis.
...
Não, apenas se houver perda de prazo ou se o valor mensal de aluguel + encargos ultrapassar R$50.000,00.
...
Sim. A renovação poderá ocorrer normalmente, porém, com vigência anual.
...
A partir do aviso e protocolo dos documentos solicitados, o prazo é de até 30 dias corridos.
...
No momento do aviso da expectativa de sinistro, deve-se informar a quem as indenizações deverão ser pagas e de que forma (conta corrente ou cheque).
...
A cobertura básica consiste nos aluguéis vencidos e não pagos + multa moratória. De forma adicional, pode-se contratar cobertura para inadimplência do IPTU, Condomínio ordinário, água, luz, gás canalizado, danos ao imóvel, Pintura interna e externa do imóvel e multa por rescisão contratual. Clique aqui para saber mais sobre as coberturas.